Abusos em relacionamentos e Violência Doméstica

EnglishEspañol

“Ei, ali, aquele homem está puxando aquela senhora pelos cabelos do outro lado da avenida!”

“Cuidado, pastor, aqueles caras malvados perto da janela quebrada estão espancando aquelas mulheres com vidro e tem sangue voando por toda parte. Alguém chame a polícia! ”


Abusos como esse estão se tornando comuns e, infelizmente, cada vez mais frequentes na sociedade de hoje. Não existe desculpa para o abuso. Raiva, ciúme, álcool e drogas não são justificativas  aceitáveis ​​para prejudicar outras pessoas. Na maioria dos casos, problemas menores podem se transformar em problemas maiores

Desde 1987, outubro é o mês da conscientização sobre a violência doméstica. Um mês para conectar e unir indivíduos e organizações em torno deste problema global.

Os abusos no relacionamento ocorre em um amplo espectro da população. Vítimas e agressores podem ser homens ou mulheres ou alguém com identidade de gênero, branco ou negro ou mesmo amarelo, ter altura de 2,10 m ou 1,50 m ou menor. O dano ocorre quando alguém usa comportamentos para controlar e manipular outra pessoa. Os perpetuadores de abusos emocionais estão dominando e exercendo um poder indevido sobre outras pessoas. Ao fazer isso, alguns recorrem a xingamentos, humilhações e ameaças. Mesmo dentro de relacionamentos, as pessoas também podem ser abusadas sexualmente. E esse abuso acontece de forma sistemática, irradiando-se por todas as partes do mundo. Um exemplo bastante claro ocorre quando uma esposa não consente em manter relações com seu marido e o mesmo, contrariado, resolve praticar atos de violência física, psicológica ou emocional. Ao ceder, a mulher fora vítima de violência sexual.

As vítimas de relacionamentos abusivos estão sujeitas ao domínio de seu agressor, que deseja assumir o controle de todas as circunstâncias relacionadas ao casal. Eles tendem a humilhar suas parceiras, ou parceiros, para reduzir sua autoestima e exercer poder. Outro artifício consiste em isolar as vítimas de amigos e familiares.

Algumas pessoas se tornam mais vulneráveis ​​se não tiverem nenhum sistema de suporte ao seu redor. Além disso, os abusadores tendem a assustar suas vítimas com ameaças e uma série de táticas de intimidação. Quando o transgressor culpa as vítimas, as quais podem sentir-se inferiores e inúteis.

Muitos de nós nos perguntamos por que as vítimas de abuso não abandonam seus relacionamentos. Uma das razões pode ser o receio da vítima, sobretudo por sua integridade física, até mesmo de seus familiares.

Outra razão pela qual as vítimas permanecem em sua situação de abuso é a financeira. As vítimas podem não conseguir sustentar a si mesmas e a seus filhos sem o dinheiro do agressor. Se você conhece alguém em um relacionamento abusivo, ouça seus motivos para permanecer nessa situação. Procure ajudar a fornecer elementos de racionalidade à vítima.

WebMD afirmou que as pessoas visadas por esses controladores e têm qualquer conexão com eles podem ter consequências terríveis. Freqüentemente, eles convivem com muitos problemas residuais que podem durar anos ou o resto de suas vidas. Como resultado, eles podem apresentar alguns dos seguintes elementos:

• EXTREMO  CIUME  

• COMPORTAMENTO DE CONTROLE

• ENVOLVIMENTO RÁPIDO

 • EXPECTATIVAS NÃO REALÍSTICAS

• ISOLAMENTO • RESPONSABILIZAÇÃO DE TERCEIROS

• HIPERSENSIBILIDADE

• CRUELDADE COM CRIANÇAS  OU ANIMAIS

• DR JEKYLL E MR HYDE

• PASSADO HISTÓRICO DE VIOLENCIA

• USO “LÚDICO” DA FORÇA DO SEXO

• ABUSO VERBAL

• USO DE VIOLÊNCIA OU AMEAÇA

• Sentimentos de isolamento

• Constrangimento

• Depressão

• Ansiedade

• Sentimentos suicídas

 • Vícios

• Lesões

• Problemas financeiros

• Vergonha

Se você se identifica com isso, converse com amigos e familiares sobre os sinais de abuso. Entre em contato com alguém que acreditamos que pode ser abusado por seu parceiro.

Ajude abrigos contra violência doméstica ou seja voluntário em um abrigo ou linha direta para casos de violência doméstica. Se estamos sendo espancados e queremos ajudar outras pessoas, existem várias opções a serem consideradas. Se você souber de alguém em um relacionamento abusivo ou lidando com violência doméstica em qualquer outro lugar, informe-se.

A maoria das vezes nos perguntamos por que as  vítimas de abuso não abandonam seus agressores, as essa resposta está apenas dentro de cada uma delas.

Especificamente para a versão brasileira, a Redação do Portal V&L acrescenta que o CNJ – Conselho Nacional de Justiça lançou a Campanha Sinal Vermelho, a qual orienta às pessoas vítimas de vioência doméstica a marcar um X na palma da mão, em pedido silencioso de socorro.

Howard Diamond

Leia mais:

2 thoughts on “Abusos em relacionamentos e Violência Doméstica

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s